DIREÇÃO

 

A PSIJUS – Associação para a Intervenção Juspsicológica, fundada em 2001, é uma entidade socioprofissional, técnica e científica vocacionada para o desenvolvimento da Psicologia Forense, Criminal, do Comportamento Desviante, da Justiça e da Exclusão Social.

CONGRESSOS

 

A PSIJUS organiza, em Maio de 2015, nos dias 19 (apenas ao final da tarde) e 20 (de manhã e tarde), o seu I Congresso, a decorrer no Auditório Agostinho da Silva, na Universidade Lusófona.

HISTÓRIA

 

A PSIJUS, fundada em 2001, nasceu com o objetivo de integrar os profissionais que desempenham funções no âmbito da Psicologia Forense, colmatando, assim, uma lacuna que era já constatável no nosso país. 

Quem somos...

 

A PSIJUS, fundada em 2001, nasceu com o objetivo de integrar os profissionais que desempenham funções no âmbito da Psicologia Forense, colmatando, assim, uma lacuna que era já constatável no nosso país. Fruto de necessidades sociais que se revelavam constantes e recorrentes, as universidades tinham iniciado a disponibilização de formações especialmente direccionadas para a intervenção junto das instâncias de disciplinação – tribunais, magistraturas, polícias, prisões e dispositivos de reinserção –, o que determinou o surgimento de inúmeros psicólogos que não se reviam nas organizações, então ainda escassas, que agregavam os técnicos desta vertente do saber. Concomitantemente, a Associação pretende assumir-se como entidade técnico-científica, de promoção e de divulgação da área em que se insere, entendendo que as próximas décadas serão marcadas pelo incremento de respostas face aos novos desafios decorrentes da evolução da sociedade – como, aliás, já se observara em muitos países europeus e do continente americano.

 

Na sua fase inaugural (2001-2012), a PSIJUS requeria como condição para a aceitação de candidaturas a associado a detenção de qualquer grau académico em Psicologia ou Direito; posteriormente, após a revisão estatutária, registada em 2012, passou a ser exigido que os novos associados sejam titulares de grau específico – licenciatura, obtida antes da reforma de Bolonha, ou mestrado, ou doutoramento - na área genericamente cabível de Psicologia Forense, independentemente da designação utilizada: Psicologia do Comportamento Desviante, Psicologia Criminal, Psicologia da Justiça… 

 

"O que sabemos é uma gota; o que ignoramos é um oceano."

Isaac Newton

© 2014 PSIJUS.

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now