Notícias 2016: Jan - Abr

II Fórum Local sobre Prevenção de Comportamentos de Risco

Maio 2016

 

 

A Câmara Municipal de Odivelas, através do Gabinete de Saúde, Igualdade e Cidadania (GSIC), encontra-se a promover o II Fórum Local sobre Prevenção de Comportamentos de Risco intitulado "Inovação e Sustentabilidade na Intervenção”, o qual se realiza no próximo dia 6 de maio, 6ª feira, entre as 09h00 e as 17h00, no Auditório dos Paços do Concelho (período da manhã), sito na Rua Guilherme Gomes Fernandes – Quinta da Memória, em Odivelas, sendo o Centro de Exposições de Odivelas o local escolhido para os trabalhos da parte da tarde.

 

Este evento enquadra-se no trabalho desenvolvido pela Rede de Parceria do Plano Estratégico Concelhio de Prevenção das Toxicodependências (PECPT), em vigor desde setembro de 2006, a qual integra um conjunto alargado de instituições e entidades de grande relevância em matéria de Prevenção de Comportamentos de Risco, responsáveis pelos sucessos atingidos ao nível do PECPT em Odivelas.

 

Consulte o programa aqui..

Formulário para inscrição aqui..

APOIE A CARITAS

Abril 2016

 

 

A PSIJUS - Associação para a Intervenção Juspsicológica apoia, desde 2011, a Cáritas Portuguesa na missão que, desde há 60 anos, esta tem vindo a desenvolver: ser um instrumento da Caridade destinado aos mais frágeis e desprotegidos.

 

Mas, apesar do seu trabalho diário para tentar dar resposta a quem a procura, por cada duas pessoas somente uma é que consegue ser apoiada. Estes números (médios) dão conta da falta de meios na resposta a todos aqueles que, por estarem numa situação mais frágil, procuram a rede Cáritas. Isto significa muitos milhares de pessoas que se encontram desamparadas, sem ninguém que lhes dê a mão e seja o apoio que elas necessitam.

 

Mas o V. contributo, através da consignação do IRS, permitir-nos-á começar a fazer aquilo que até agora estivemos impossibilitados de fazer: sermos Esperança para todos aqueles que gritam por ajuda e que ainda não obtiveram resposta. 

 

Para efectivar este V. apoio bastará preencher o campo 1101, do quadro 11, do modelo 3 da declaração de IRS com o Número de Identificação Fiscal da Cáritas Portuguesa: 500 291 756.

 

O V. contributo fará a diferença! Graças a ele conseguiremos ser Caridade e Esperança para muitos mais daqueles que nos procuram.

NOTA DA DIREÇÃO

Abril 2016

 

 

Aparecem, por vezes, mas com uma certa regularidade, informações sobre a quase inexistência do reconhecimento dos psicológicos forenses pela OPP.

 

Ora, sem embargo das posições que esta Associação vem assumindo sobre o assunto, cabe destacar um texto da autoria do Dr. David Neto, publicado no número 7, de Agosto de 2014, da PSIS 21 – Revista Oficial da Ordem dos Psicólogos Portugueses, onde se refere «As especialidades avançadas correspondem a áreas de especialização suplementar. Assim, por exemplo, um psicólogo da justiça está habilitado para trabalhar nos diversos contextos clínicos e particularmente habilitado para trabalhar em contextos específicos de justiça».(p. 9).

 

Ou seja: a psicologia forense está reconhecida –  como não poderia deixar de ser – e habilita para o exercício em contextos clínicos e particularmente nos especificamente da área de justiça.

 

A direção

 

PROTOCOLO DE COOPERAÇÂO COM ALVALADE

Março 2016

 

A PSIJUS e a Junta de Freguesia de Alvalade assinaram um protocolo de cooperação em 9 de Março, um Protocolo de Cooperação.

 

A PSIJUS continua a assegurar a celebração de protocolos com várias entidades – municípios, freguesias, escritórios de advogados -, procurando desenvolver e divulgar a área da Psicologia Forense, as competências dos seus profissionais – e são seus profissionais apenas aqueles que estão habilitados com grau académico nesta vertente da Psicologia – e fomentar a prevenção dos riscos. A variante estágios também constitui um elemento essencial em todos os protocolos que vêm sendo firmados.

PROTOCOLO DE COOPERAÇÂO COM SANTA CLARA

Janeiro 2016

 

A PSIJUS e a Junta de Freguesia de Santa Clara assinaram um protocolo de cooperação destinado a promover trabalho entre ambas as instituições, especialmente nos domínios da prevenção de situações e comportamentos de risco com populações mais vulneráveis, da formação e consultoria, estando previstas a organização conjunta de iniciativas e a abertura de cada entidade à participação da outra nas suas atividades.

 

Cumulativamente, a autarquia disponibilizará vagas de estágio a associados ou estudantes que frequentem mestrados de Psicologia Forense, cabendo à Associação a seleção dos mesmos.

 

Assinaram o documento a Presidente da Junta, Mestre Graça Ferreira, a Vice-Presidente e o Presidente da Direção, respetivamente Maria Cunha Louro e Carlos Alberto Poiares.

 

A PSIJUS continua a assegurar a celebração de protocolos com várias entidades – municípios, freguesias, escritórios de advogados -, procurando desenvolver e divulgar a área da Psicologia Forense, as competências dos seus profissionais – e são seus profissionais apenas aqueles que estão habilitados com grau académico nesta vertente da Psicologia – e fomentar a prevenção dos riscos. A variante estágios também constitui um elemento essencial em todos os protocolos que vêm sendo firmados.

Dr. António Almeida Santos (1926 - 2016)

Janeiro 2016

 

Associado Honorário da PSIJUS

 

Na morte de António Almeida Santos, a PSIJUS evoca a sua personalidade ímpar de democrata, socialista, estadista e, antes de tudo, de cidadão exemplar, permanentemente dedicado à causa pública, Homem que se empenhou sempre na elevação da qualidade de vida da população e que nunca se exonerou dos deveres de solidariedade, fazendo da trilogia Liberdade, Igualdade e Fraternidade um estilo de estar no mundo.

© 2014 PSIJUS.

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now